As frutas e seus beneficíos para a saúde

 

maracujaConsiderado um calmante natural, o maracujá contém passiflorina, uma substância que tem ação sedativa, mas que é encontrada basicamente nas folhas da fruta. Não há evidências de que o consumo da polpa produza efeito maior do que o placebo.

O maracujá é uma boa fonte de vitamina C, que tem propriedades antioxidantes e contribui para o bom funcionamento do sistema de defesas do corpo..

A fruta é rica em potássio, que regula a pressão e o pH sanguíneos e auxilia os processos digestivos e as contrações musculares (após atividades físicas muito intensas, a

reposição de potássio no organismo ajuda na recuperação dos músculos) e em manganês, que atua junto com diversas enzimas para facilitar os processos metabólicos e tem propriedades antioxidantes.

Outra substância antioxidante encontrada no maracujá é a cianidina. A cianidina é um pigmento antioxidante do grupo das antocianinas. Em estudos de laboratório, estas substâncias têm demonstrado uma ação preventiva contra alguns tipos de câncer.

O maracujá também é fonte de fósforo, que auxilia a regeneração de tecidos e tem papel fundamental na saúde de ossos e dentes, assim como o magnésio. Tanto este mineral quanto o zinco contribuem para o bom funcionamento do sistema imunológico. O zinco também é fundamental para a fabricação do material genético.

Fonte: (www.nestle.com.br/)

mamao-4

O mamão é rico em substâncias antioxidantes, que têm demonstrado uma ação protetora contra o desenvolvimento de doenças crônicas, como as cardiovasculares e o câncer.

Entre elas, carotenóides encontrados no mamão, como beta caroteno, luteína e zeaxantina, podem ter ação preventiva em alguns tipos de câncer, como o de mama, e diminuem o risco de doenças oculares como degeneração macular e catarata.

O mamão também possui catequinas, compostos fenólicos da família dos antioxidantes. Estudos mostram que essas substâncias têm ação cardioprotetora.

Sua alta quantidade de fibras também contribui nesse aspecto. O consumo de fibras está associado à prevenção das doenças cardiovasculares. Ele contribui para o controle das taxas de colesterol e de açúcar no sangue, além de diminuir o risco de certos tipos de câncer, como o de cólon. As fibras são importantes para evitar prisão de ventre, já que favorecem o trânsito intestinal.

O mamão é excelente fonte de vitamina C — uma porção oferece, grosso modo, 100% das recomendações diárias desse nutriente. A vitamina C, além de ter ação antioxidante, é importante para proteger o organismo de infecções, manter a saúde de ossos, cartilagens e mucosas e facilitar a absorção de ferro.

Outra boa oferta do mamão é a vitamina A, fundamental para a saúde dos olhos e que ajuda o sistema de defesas do organismo, prevenindo infecções.

A fruta também é boa fonte de folato, vitamina do complexo B essencial para a formação do material genético e que previne más-formações fetais, e de potássio. Este mineral também contribui para a saúde cardiovascular, pois atua como regulador da pressão arterial. Além disso, auxilia os processos digestivos e as contrações musculares — após atividades físicas muito intensas, a reposição de potássio no organismo ajuda na recuperação dos músculos.

Fonte: (www.nestle.com.br/)

grape

Os compostos fenólicos encontrados na uva são substâncias com propriedades antioxidantes, que têm demonstrado uma ação protetora contra o desenvolvimento de certas doenças crônicas, como as cardiovasculares e o câncer.

A uva contém carotenóides (alfa caroteno, beta caroteno, luteína e zeaxantina) que também estão associados à prevenção de certos tipos de câncer, como o de mama, e diminuem o risco de doenças oculares como degeneração macular e catarata.

Uma substância antioxidante da uva que tem sido muito estudada é o resveratrol. Em estudos de laboratório, essa substância demonstrou efeito antiplaquetário (que diminui a formação de coágulos sanguíneos e, por isso, protege o coração) e de redução da oxidação celular, retardando os efeitos do envelhecimento.

Estudos também apontam que as uvas vermelhas melhoram a flexibilidade dos vasos sanguíneos e diminuem a oxidação do colesterol “ruim” (LDL) e a pressão arterial, trazendo benefícios à saúde cardiovascular.

Outro nutriente com propriedades antioxidantes da uva é a vitamina C, que contribui para o bom funcionamento do sistema de defesas imunológicas e para melhor absorção do ferro alimentar.

A vitamina K regula os processos de coagulação do sangue. Além de ser encontrada na uva, também é fabricada pelo próprio corpo. Essa vitamina, em excesso, pode ter interação com medicamentos anticoagulantes. Por isso, pessoas que tomam regularmente esses remédios devem prestar atenção quando consumirem vários alimentos ricos em vitamina K.

O potássio atua como regulador da pressão e do pH sanguíneos e auxilia os processos digestivos e as contrações musculares — após atividades físicas muito intensas, a reposição de potássio no organismo ajuda na recuperação dos músculos.

Fonte: (www.nestle.com.br/)
AbacaxiUm estudo da Queensland Institute of Medical Research da Australia mostrou que duas moléculas da bromelina têm propriedades antitumorais. A bromelina é uma substância presente no abacaxi, responsável por facilitar na digestão.

Estudos também sugerem que o uso terapêutico de suplementos de bromelina também pode reduzir inflamação e coagulação excessivas, mas ainda não foi testadas a influência do consumo do abacaxi no dia a dia na prevenção desses problemas.

A fruta também contém boa quantidade de celulose, que ajuda na formação do bolo fecal e estimula o funcionamento do intestino —para isso, deve-se consumir a fruta in natura ou tomar suco sem coar.

Fonte: (www.nestle.com.br/)
Mango with section on a white background Rica em compostos fenólicos e carotenóides, substâncias antioxidantes, e fibras solúveis, a manga parece acumular efeitos protetores contra alguns tipos de câncer e doenças cardiovasculares.

Pesquisas de laboratório constataram que o suco da fruta tem efeito anticancerígeno em células isoladas em laboratório, mas ainda não se sabe como é esse efeito quando a fruta é consumida e digerida pelo ser humano.

Os compostos fenólicos da manga também parecem ter propriedades anti-inflamatórias e de controle do colesterol e do diabetes.

Entre os carotenóides da manga, predomina o betacaroteno, que se transforma em vitamina A no organismo — entre outras coisas, essa vitamina protege contra infecções e degenerações na visão, como a cegueira noturna.

A vitamina C e a vitamina E também têm ação antioxidante e favorável ao bom funcionamento do sistema de defesa contra infecções. A vitamina E protege as membranas das células do corpo, especialmente as dos glóbulos brancos e vermelhos do sistema imunológico.

As fibras solúveis têm capacidade de reduzir o nível do “mau colesterol”, o LDL, no sangue, prevenindo doenças cardiovasculares. Também facilitam o trânsito intestinal, evitando constipações e diminuindo o risco de câncer de cólon.

As vitaminas B presentes na manga (B1, B2 e B6) são importantes para a produção de energia e para o bom funcionamento do sistema nervoso e do imunológico.

Fonte: (www.nestle.com.br/)
ameixa2Os compostos fenólicos e flavonóides da ameixa são substâncias com propriedades antioxidantes, que têm a capacidade de proteger as células do corpo contra a ação dos radicais livres. Por isso, estão associadas à prevenção ou diminuição do risco de certas doenças, especialmente as cardiovasculares e alguns tipos de câncer.

Estudos em animais com suco concentrado de ameixa seca mostraram a capacidade da fruta de diminuir a taxa de colesterol no sangue e fatores de risco do câncer de cólon. Estudos experimentais comprovaram a ação do suco concentrado de ameixa seca para inibir a proliferação de células cancerosas. Porém, ainda não há evidências sobre essa ação no organismo humano.

Também há estudos em animais mostrando que a ameixa previne a diminuição da massa óssea, podendo ser um alimento aliado na prevenção da osteoporose. Ainda são necessários mais estudos para verificar a ação em seres humanos e descobrir os mecanismos de ação e as substâncias da ameixa que contribuem para esse efeito.

Os efeitos laxativos da ameixa seca já são bastante conhecidos. Eles estão associados à boa quantidade de fibras e a presença de algumas substâncias que estimulam os movimentos intestinais. Isso torna a ameixa indicada para tratar constipação intestinal.

As fibras também contribuem para o controle das taxas de colesterol e de açúcar no sangue e diminuem o risco de certos tipos de câncer, como o de cólon. Por outro lado, pessoas com a Síndrome do Intestino Irritável com sintomas de diarréia podem ter intolerância à ameixa seca. Porém, como essa síndrome se manifesta com sintomas diferentes em cada indivíduo, a ameixa pode ser indicada para aqueles que manifestam constipação intestinal, desde que com acompanhamento médico.

A vitamina C, também com propriedades antioxidantes, contribui para o bom funcionamento do sistema de defesas do corpo e para melhor absorção do ferro, essencial para o transporte de oxigênio e a formação de glóbulos vermelhos no sangue.

A vitamina B6 também contribui para o transporte de oxigênio pelo organismo e para formação de glóbulos vermelhos, além de ser importante para o funcionamento do sistema nervoso e do imunológico.

O potássio ajuda a equilibrar a pressão arterial. Ajuda ainda nos processos digestivos e facilita as contrações musculares — após atividades físicas muito intensas, sua reposição ajuda na recuperação dos músculos.

O manganês e o cobre da ameixa também tem função antioxidante. O cobre é necessário para a formação de hemoglobina e do colágeno, atuando na formação e reparação dos tecidos.

Fonte: (www.nestle.com.br/)
tamarindo-beneficios-e-propriedadesA polpa do tamarindo é uma rica fonte de polissacarídeos não-amiláceos e fibra dietética, tais como hemicelulose, mucilagem, pectina e taninos. 100g de polpa de tamarindo fornecem 5 ou mais de 13% da fibra dietética. A ingestão de fibra dietética na alimentação aumenta o volume e os movimentos intestinais, assim, ajudando na prevenção da prisão de ventre, e eliminando os níveis de colesterol “ruins” do corpo. A fibra também liga às toxinas do alimento, ajudando a proteger a membrana mucosa do cólon de substâncias cancerígenas.

O fruto de tamarindo é uma boa fonte de minerais, como cobre, potássio, cálcio, selênio ferro, zinco e magnésio. O potássio é um componente importante dos fluidos das células e do corpo, que ajuda na taxa de controle cardíaco e da pressão arterial. O ferro é essencial para a produção de células vermelhas do sangue e atua como um co-fator das enzimas do citocromo oxidases.

Além disso, o tamarindo é rico em muitas vitaminas essenciais antioxidantes, incluindo a tiamina,  36% de níveis diários requeridos, vitamina A, ácido fólico, riboflavina, niacina. Tamarindo apresenta um significativo nível de vitamina C, bem como a vitamina E, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro, fósforo, potássio, manganês e fibra dietética. Há também um certo número de compostos orgânicos que fazem do tamarindo um poderoso antioxidante e um agente anti-inflamatório.

Fonte: (http://formasaudavel.com.br/)
286e63d6a4685ca802b61e78b87865caRica em carboidratos, especialmente a frutose. Também contém quantidades significativas de vitamina CB1 e B2. Além disto, muitos compostos bioativos efitoquímicos têm sido encontrados na graviola. Pesquisas afirmam que a anonacina presente na graviola possui efeitos anticancerígenos. No entanto, esses estudos foram realizados somente in vitroem animais e ainda não há estudos clínicos em seres humanos. Os frutos, sementes e folhas têm uma série de usos medicinais entre os povos indígenas das regiões onde a planta é comum, para tratar algumas doenças de estômago e vermes.

A graviola comumente é consumida crua ou transformada em bebidas, doces, cremes, sorvetes, mousses, merengues, etc. É muito apreciada pelo seu delicioso sabor característico e por conter baixas calorias. Cada 100g da fruta contém em média 60 calorias. O chá das folhas também é muito apreciado e são usados geralmente para induzir o sono e combater a diabetes.

Fonte: (http://www.infoescola.com/)
news_39A acerola esconde, em seus 40 gramas de massa suculenta, inúmeros nutrientes. Além de flavonoidesvitaminas A, B1 e B6 ela também apresenta minerais como fósforo, ferro, potássio, magnésio e cálcio.

Outro famoso componente da acerola é o carotenoide, substância responsável pela cor vermelha da fruta, e mais, considerada antioxidante, o que indica que auxilia na prevenção do envelhecimento precoce das células.

Mas seus componentes benéficos não param por aí. A acerola é a fruta que apresenta o maior teor de vitamina C.

Vale ressaltar que quanto mais verde for a fruta, mais vitamina C oferecerá, logo uma fruta verde escura apresentará 90% mais de vitamina C e 50% menos de açúcares.

Ainda, se compararmos a acerola e a laranja, descobriremos algo interessante. A acerola possui mais vitamina A do que a laranja.

Esta vitamina é responsável por prevenir doenças como a cegueira noturna. 


Fonte: (http://melhorcomsaude.com/)

CajaUm dos benefícios do cajá é que ele é rico em fibras, que é bom para o intestino, evita prisão de ventre. Outros benefícios do cajá são em virtude do cálcio, fósforo e ferro encontrados na fruta. O cálcio colabora para fortalecer os ossos, diminuindo os riscos de se adquirir osteoporose. O fósforo é fundamental na estrutura óssea que atua na contração muscular. O ferro encontrado na fruta aumenta as energias e fortifica as defesas do organismo, além de prevenir a fadiga.

Fruta rica em vitamina C, antioxidante, combate os radicais livres.

Por ser pouco calórico, o cajá pode ser incluído em dietas de emagrecimento, além de conter fibras que aumenta a sensação de saciedade.

 

812206_22673edb02364ea296a1952bbc3f084O caju é um pseudofruto, pois na verdade o fruto do cajueiro é a castanha, nativo do Brasil. O pseudofruto é rico em vitamina C, compostos bioativos e ferro. Pode ser consumidona forma de fruto, suco, mel, doces e destilados. A castanha de caju é rica em fibras,  proteínas, minerais (magnésio, ferro, cobre e zinco), vitamina K, vitamina PP, complexo B (menos a vitamina B12), carboidratos, fósforo, sódio e vários tipos de aminoácidos.

A vitamina C e os compostos bioativos como carotenóides, fitoesteróis e flavonóides conferem àele propriedades antioxidantes e antiinflamatórias, auxiliando na prevenção e tratamento de diversas doenças crônicas como a diabetes, o câncer e doenças cardiovasculares. Além disso, contém beta-sitosterol o qual ajuda no controle do perfil lipídico. Possui ainda propriedades diuréticas e cicatrizantes.

É rico em fibras promovendo uma maior saciedade e ajudando no controle do peso corporal. A suacastanha possui ácido anacárdico que tem propriedades fortes contra germes e bactérias. A polpa do caju é bastante recomendada no tratamento de casos reumáticos e problemas de pele, agindo como depurativo e tônico.

Fonte: (http://nutricaojoyce.com.br/)

fruto-polpa-rosada-apta-para-consumo-537e5dda94063A goiaba é um fruto alto benefício ao organismo humano, pois além de não conter muito açúcar, gordura e calorias a goiaba auxilia no combate a infecções e hemorragias, fortifica os ossos, os dentes e o músculo cardíaco, melhora a cicatrização e o aspecto da pele, retardando o envelhecimento, regula o aparelho digestivo, o sistema nervoso e dá maior resistência física.