É melhor tomar suco de polpa ou natural?

No fundo, nenhuma versão de suco substitui o natural consumido na sequência do preparo. Afinal, “quanto mais industrializado o suco for, a quantidade de aromatizantes e conservantes será maior, e há grandes possibilidades de conter mais sódio e menos nutrientes”, diz a nutricionista Beatriz Botequio, da Equilibrium Consultoria, à revista WOMEN’S HEALTH.

Agora, quando é preciso escolher uma alternativa para o natural, a polpa é considerada a melhor opção. Ela é feita após a extração e congelamento da polpa de fruta e, por ser quase livre de conservantes e aromatizantes, ela costuma manter a maior parte das propriedades nutricionais da fruta. Além disso, “não existe nenhum problema no fato dela ficar dias no congelador. O que não pode ser feito é congelar e descongelar, pois, assim, as propriedades da fruta serão perdidas”, explica Tatiana Ossola, nutricionista do Emagrecentro Grande Rio em entrevista à revista ANAMARIA.

Uma dica é bater a polpa com pouca água. Do contrário, as vitaminas e os minerais dissolvidos estarão em menor quantidade no suco. “Seja qual for a sua escolha, o importante é evitar tomar mais de 3 copos por dia, já que muitas frutas podem conter taxas consideráveis de açúcar e carboidratos”, completa Beatriz.

Quanto às versões néctar e pó, vale evitar! A primeira costuma conter uma grande quantidade de açúcar, que aumenta bastante o valor calórico. Já a segunda é a versão menos próxima do suco natural por conter pouquíssima quantidade de fibras, vitaminas e minerais.

(Com reportagem das revistas WOMEN’S HEALTH e ANAMARIA)